Olho o pobre na rua como um pedaço de mim que sempre vi.

Olho o pobre na rua como um pedaço de mim que sempre vi.

domingo, 20 de julho de 2008

3 comentários:

Sunshine disse...

Gostei muito desta mensagem: a isto chama-se amor.
Bom final de Domingo

Momentos disse...

É bom estar por aquí...
Essa música!!!!!!!
Parece que gostamos!!!
É bom ti ler!
Bom carinho...
Querido Poeta!

Angel!

Fénix disse...

Sim, somos todos mendigos pelas mesmas coisas, afinal.